Skip to content

Creatina – o que é, e pra que serve?

Já é do conhecimento das leitoras mais antigas que eu me submeti a cirurgia bariátrica ha 6 anos atrás, e eu dividi tudo com vocês aqui no blog. Acontece que, eu emagreci tanto com a cirurgia, que eu fiquei só o couro e o osso. Vocês me entendem né? Fiquei muito magra, pouca, sem bunda, sem perna, sem sal, sem vida. Pra quem achava lindo pernona, bundona, foi uma deprê perder tudo junto com a gordura do corpo. Ficou tudo molenga!

Depois de anos seguindo a dieta da nutricionista da equipe da redução de estômago, resolvi que era uma boa hora para dar um passo maior, pois meu peso não mudava, e eu só emagrecia. Então resolvi ir a um nutricionista esportivo. Como já estava na academia com um personal ( Alô Dieguete!) bem exigente, ele identificou que o meu problema era a alimentação, e me mandou procurar um nutri.

Depois de um tempo seguindo a dieta do nutri, identifiquei alguns probleminhas que deveriam ser resolvidos. Um deles era “quero hipertrofiar, mas não consigo fazer a série toda com peso tal, o que eu faço?“. Foi ai que eu tive meu primeiro contato com a Creatina. A que eu estou tomando atualmente é a Creatina MAXX da Maxinutri.

Como não sou expert, nem habilitada para falar sobre isso, vou falar da forma que eu sei, e que conversei com meu nutricionista. A creatina serve para aumentar a disponibilidade de energia para nossos treinos, principalmente aqueles que envolvem força e contrações intensas, como a musculação. Ou seja, a creatina permite que você tenha um treino mais intenso e com maior volume, ao mesmo tempo em que encurta a recuperação entre as séries e entre os treinos. Viu que delicia? Esmaga que cresce!

Pra finalizar o post mais concreto, podemos dizer que a creatina promove o aumento da massa muscular, melhora a força máxima, melhora o desempenho durante o exercício de alta intensidade, acelera a recuperação e aumenta o pump muscular.
NÃO TOME O SUPLEMENTO SEM ANTES CONSULTAR UM NUTRICIONISTA.