Skip to content

Dia do lixo, saiba o que complica o dia especial da dieta

Quando se fala em “fazer uma dieta”, ou “ir à nutricionista”, a primeira coisa que pensamos em geral é “Meu Deus, vou morrer de fome“. E provavelmente já desiste antes de ir à consulta, o que aconteceu comigo inúmeras vezes. Fiz todo tipo de dieta que vocês poderiam imaginar, da lua, da proteína, e a minha última foi a dieta da sopa. Deu sopa, eu comia hehe. Eu estava com depressão por conta de não conseguir emagrecer, e por consequência melhorar dos problemas de saúde, até que me desliguei, e meu peso máximo foi 120 KG.

Meu limite veio, e eu optei pela famosa redução de estômago, que é uma dieta meio que forçada, pois você é obrigado a mudar seus hábitos alimentares, as porções, e se continuar na vidinha antiga, engorda. E muito, até mais do que era antes. Pode acontecer ok? Então é importante que exista esse controle alimentar, direto. Mas eu não vim falar de redução de estômago, isso é um outro post.

Hoje eu vim falar do famoso dia da dieta, o dia do lixo. Deixando claro, que isso é uma opinião da blogueira. Com minha cirurgia, e minhas idas constantes à nutricionista, aprendi coisas preciosíssimas, que antes, eram só balela. Mudei da água pro vinho,  meu cardápio ficou mais vasto, pois antes eu odiava verduras, frutas, cereais. Eu sempre pensei que na dieta eu fosse morrer de fome, por experiências anteriores, mas o problema mesmo, era em mim, eu fazia errado.

No dia do lixo as meninas se permitem tudo, rodízios, fast food, doces em geral. Incrível como o prazer de comer, elimina todo o sofrimento né? Cada um encontra a forma fácil de se conscientizar, e eu sempre peso na balança da consciência, tudo o que eu faço, e como. Vamos supor que 1 horinha na esteira você perca 300 calorias, ok? Ai você sai no final de semana, no dias mais especiais da semana, sabadão, festinhas, saidinhas, aniversários, ou  simplesmente uma ida ao shopping e janta um fast food. Você ingeriu em média, 600 calorias, mas toda janta precisa de uma sobremesa né? Ai você compra uma casquinha de sorvete com 200 calorias, no fim das contas você ingeriu só em um dia 800 calorias. O que você pensa? “Segunda vou me matar na academia”.

Perai, para tudo. Você vai na segunda para a academia para gastar o que você ganhou no final de semana? E eu nem cheguei a comentar a alimentação de domingo né? Pra mim, você nunca vai perder peso, só manter, vira um ciclo vicioso. Você passa a semana todinha em uma dieta balanceada, toda restrita, e no final de semana se esbalda. Lembre-se que muitas vezes, uma alimentação mal feita na rua, pode te repor todas as calorias que você perdeu em um dia fazendo a dieta direitinha. Vale mesmo à pena?

Não estou falando de você viver como um e.t, porque na verdade nosso corpo necessita de tudo. E o que pregamos aqui, é uma alimentação balanceada. É proibido tomar um sorvete de casquinha? Não. Óbvio que não, mas desde que seja feito com moderação. E claro, não corra por outros pastos se é que me entendem. Quando falam em dia do lixo, logo se jogam em tudo, mais frituras, mais doces, mais tudo. Não pode comer salada, e depois comer um docinho?

Quando vou comer na rua, procuro não sair da dieta, sendo final de semana ou não, pois sempre terá aquele chocolatinho, aquele sovertinho que queremos comer. Com questão à fast food e frituras, fica à critério de cada um. No começo eu comia tranquilamente, mas depois parei pra pensar, isso está me alimentando mesmo? Isso vai me dar algum tipo de proteína, vitamina? Ou somente gordura e carboidrato?

Ai fica a critério de vocês. Eu prefiro manter minha alimentação regrada, para perder peso sempre, embora coma algumas coisas por fora, em poucas quantidades. E você, quer o quê? Perder peso, ou viver em um ciclo vicioso?

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *