Skip to content

Paixão por treinamento funcional

Olá meninas, sempre demoro para postar algo, sim, me xinguem, mas a vida está louca e corrida. Ja já estou de férias! o/

Hoje eu vim falar sobre treinamento funcional. Quem acompanha meu blog desde o início, sabe que eu cheguei a pesar lindos 130 KG, até encontrar algumas doenças referentes à obesidade. Me submeti a cirurgia de redução estômago, a famosa bariátrica. Infelizmente não consegui emagrecer com reeducação alimentar e academia. Até porque, as nutricionistas eram bem rigorosas nas dietas, e eu ODIAVA ir para a academia correr sem chegar a lugar nenhum, e puxar ferro. E é sobre isso que vamos falar hoje!

O treinamento funcional são séries de exercícios feitos com os movimentos naturais do  nosso corpo. Tipo pular, correr, agachar, empurrar, e girar. Você ganha força, equilíbrio, condicionamento, resistência, flexibilidade e agilidade. Não tem nada mecânico como na musculação, trabalha-se com coisas isoladas e definidas. A parte que é trabalhada mais profundamente se utilizam alguns acessórios como, cordas, bola, elástico, discos, cones e hastes. Ajuda a prevenir problemas do coração, emagrece, defini os músculos, e claro, reduz a gordura. E tem inúmeras coisas que podem ser feitas, como misturar o aeróbico com equilíbrio, todo dia o treino muda. Por isso, não existe cansaço, nem monotonia. Pelo menos eu, não consigo mais faltar por curiosidade.

Eu simplesmente me apaixonei pelo treinamento funcional, meu corpo me surpreende todos os dias. Fico curiosa para saber até onde ele pode ir. Eu nunca tive equilíbrio, nem coordenação motora, e já melhorei muito.  Não consegui emagrecer, mas isso é porque venho quebrando a dieta constantemente. Como pouco, mas como tudo que quero, e sim, todo dia no funcional. Claro, por mim, eu nunca iria pra academia, odeio puxar ferro, e conheci o funcional pelo meu irmão. Ele foi pro Haiti, missão de paz, e lá ele usou e abusou do método, que era o mais simples e eficiente pra ele. Como ele diz “é uma brincadeira de criança”, e realmente é. Não dá pra cansar gente, a música anima, e você mesmo quer testar teus limites.

“Haa Karllinha, mas eu ainda não entendi o porquê você gosta tanto disso, e nem porque fazer isso vai me fazer emagrecer e talz”! Então serei mais direta. Primeiro, estabeleça metas! Eu já emagreci, não tudo, mas quero emagrecer com saúde. Então, paciência. Estou fazendo meu corre. Mas estabeleça metas, e ao lado de cada meta, coloque o porque que você quer aquilo, o que aquilo vai te trazer de benefícios etc. Cole na sua parede, uma que você sempre veja. Eu coloquei no espelho do banheiro, junto com a foto de uma modelo que tem o corpo que eu quero. Tudo serve de incentivo! Música também ajuda muito, eu sempre escuto umas marombas para me incentivar. Tipo, chego cantando “Os ogros tão na academia, os ogros tão na academia”, ou então “Não importa a previsão do tempo como tempo tá, esse é meu ideal e nada vai me atrapalhar”. E vale também levar alguém junto, ou a amiga, ou o namorado, ou a mãe. Nem que seja só pra ficar gritando e dizendo: Vai vai, você consegue.

Se você nunca viu como é o treinamento funcional, vou deixar um vídeo abaixo para as gostosas se animarem! Qual a meta de vocês? Primeiro a saúde, e o amor próprio gente. Vamos nos amar!!

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *